Exposição: Era uma vez, duas metades…

 

“O ideal seria viver a vida, e depois pintá-la”

Monteiro Lobato desde criança via o mundo de um jeito diferente. Como muitas crianças, ele imaginava o lugar em que vivia à sua maneira, criando personagens e cenários em seu cotidiano. Sua casa de infância, onde hoje é o Museu Monteiro Lobato, que conta com móveis de sua família, murais pintados por Mestre Justino e diversas exposições, foi berço da inspiração para sua grande obra, o Sítio do Picapau Amarelo. A exposição traz as duas metades presentes em sua antiga casa: A realidade do museu e o sonho de Lobato.

Realização – Scapa Cultural.

Ilustração – Fábio Scarenzi.

Concepção, Fotografia e Edição de Imagem – Murilo Papareli.

Apoio – Museu Monteiro Lobato.

Abertura: 14 de Maio a 31 de Julho.
Terça a Domingo, das 9h às 17h.

abr. 28 2015 Staff Categoria: Geral Agenda

standardPostTransition
Perhaps the network unstable, please click refresh page.
Museu Monteiro Lobato